Luan Santana se inspira em festivais eletrônicos para gravar o novo DVD

Sem participações especiais ou qualquer outro artifício que roubasse a atenção da estrela da noite: Luan Santana. Foi com o próprio talento que o jovem de 22 anos subiu ao palco e presenteou os fãs — a maioria adolescente — com uma apresentação de gente grande. Claro que a estrutura foi a combinação perfeita para uma noite de sucesso. O próprio sertanejo afirmou em coletiva de imprensa após o show que se inspirou em grandes festivais de música eletrônica. Tanto que o local escolhido para a gravação do terceiro DVD de Luan foi a Arena Maeda, velha conhecida do público que curte raves.
Mesmo com poucos ensaios no espaço, Luan subiu ao palco bastante seguro e afinado com a banda e a direção do DVD, a cargo de sua velha conhecida Joana Massuchetti, que também dirigiu o álbum anterior, gravado no Rio de Janeiro em 2011.
A cada música uma surpresa. Fogos de artifício, chuva de papel picado e balões em formato de estrelas e corações complementavam o show de luzes e imagens, entre elas telas do artista Romero Britto, transmitidas nos telões de led em formatos abstratos. Luan Santana subiu ao palco às 18h, à procura da melhor luz natural do cair do dia em Itu (SP). E estava perfeito, como a megaestrutura montada no meio da Fazenda Maeda pedia. O cantor surgiu no meio do palco, subindo de um elevador debaixo da estrutura.
Mais magro, com topete à la Elvis moderno e usando um terno vintage, Luan arrancou gritos e suspiros com os versos de Um Brinde ao Nosso Amor, que repetiu por duas vezes, para garantir a abertura perfeita para o DVD.
Foram poucas vezes que Luan precisou recomeçar uma música ou repeti-la. A equipe estava em uma bela sintonia para levar um espetáculo inesquecível aos fãs que enfrentaram a estrada e o caminho cheio de obras e muito pó para estar com o cantor na gravação do álbum.
O cantor confidenciou depois da apresentação que estava emocionado e nervoso. No entanto, em nenhum momento Luan Santana deixou isso atrapalhar o andamento da gravação. Sempre conversando com os fãs entre uma música e outra, trocou declarações com a plateia. E, claro, provou a meninada.
— Queria fazer esse DVD de cueca. O próximo a gente faz lá em casa. Eu, vocês e o Luan Jr.
Quando precisou afinar algum detalhe na hora, manteve a comunicação com os fãs com brincadeirinhas e até cantou funk para prender a atenção e não entediar. Não que as duas horas de shows tenham passado perto disso. Foram duas horas muito bem aproveitadas. Até mesmo quando a backing vocal assumiu o microfone e relembrou os hits do sertanejo, quando Luan saiu para troca de roupa.
 
Luan soube animar e emocionar, como quando cantou a música Tudo o que Você Quiser, forte candidata a carro-chefe do DVD. Sem precisar apelar para álcool e pegação, ele colocou até um DJ no palco, para um momento mais eletrônico, e cantou reggae e arrocha. Tudo com letras que não deixam nenhuma mãe da plateia com vergonha.
E já que ele não cansa de rasgar elogios às fãs, fez questão de homenageá-las, quando levou duas garotas para o palco. Elas sentaram num sofá e ganharam cafuné do ídolo teen. A “Família LS” foi à loucura.
Com repertório muito bem escolhido, Luan deixa claro que cresceu, amadureceu e que de meteoro só a música que o lançou há pouco mais de três anos. Antes do começo do show, um apresentador anunciou o maior artista do Brasil e disse que em dez segundos o público teria no palco o número 1. Luan pode não ser o maior, mas com certeza é um deles. E provou isso neste domingo em Itu (SP).
Fonte: Luan Daily

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: