Luan Santana faz show neste sábado na Fields, em Florianópolis

Correndo o Brasil com sua nova turnê, Te Esperando, Luan Santana estará neste sábado, 31, em Florianópolis, para se apresentar ao público catarinense. Vindo diretamente da gravação do Criança Esperança, o cantor trará no repertório as músicas que o consagraram na carreira, como Meteoro da Paixão, Nega, Amar não é pecado, além dos últimos sucessos, como a música que dá nome ao show, Te Esperando, e o hit que gravou em parceria com John Kip, 93 Million Miles. Sempre no topo das paradas com seu sertanejo universitário, o jovem de apenas 22 anos já é um dos artistas mais tocados das rádios do Brasil. E ele promete trazer para Floripa um show imperdível, com muitas luzes, cores e energia positiva para seu público. Mostrando-se mais romântico e maduro, Luan que acabou de gravar seu novo DVD, no dia 3 de julho, em Itu, bateu um papo com a Hora, falou sobre sua vida, namoro e carreira.
Confira a entrevista:
Hora – Você tem 22 anos e nem sabe qual o valor da sua fortuna. Quando tinha 13, 14 anos, você imaginou que sua vida se transformaria no que é hoje? E como você acha que vai estar daqui uns 20 anos?
Luan Santana – Jamais. Eu queria, sim, ser reconhecido, arrastar multidões para os meus shows, propagar a minha música… Mas chegar onde cheguei? Nunca imaginei. Quero estar mais por dentro da minha carreira, conhecer meus negócios, estou trabalhando em cima disso. Meu futuro pertence a música. Não me vejo fazendo outra coisa.
Hora – Você é vaidoso e isso não é novidade. De uns anos pra cá, as mudanças, principalmente em relação ao seu corpo, são bem visíveis. Como você faz pra malhar tendo tantos shows pra fazer? Como é a sua rotina de treinos e toma algum tipo de suplemento alimentar?
Luan – Tenho um profissional que me acompanha com os treinamentos e com a alimentação na estrada, os treinos surgem entre uma cidade e outra. É importante ter esse cuidado, para saúde. Procuro estar sempre bem para o meu público.
Hora – Antes do show aqui em Floripa, você vai estar no Criança Esperança. O que você costuma fazer durante a viagem entre cidades? Tem algum segredo pra recuperar a energia entre um show e outro ou você só dorme?
Luan – É pesado. Tem vezes que durmo poucas horas e algumas delas, nem durmo. Mas a recompensa vem em cima do palco. Quando piso nele, não existe cansaço. Tudo é esquecido. O calor do público é meu combustível.
Hora – Você já declarou que nunca foi pegador. Quantas namoradas teve antes de ficar famoso?
Luan – Tive apenas uma namorada antes da Jade.
Hora – O que mais te irrita na hora do assédio das fãs?
Luan – Nada me irrita. É demonstração de amor. A gente recebe, de braços abertos. Só querem um abraço.
Hora – Já passou por alguma saia justa com sua namorada?
Luan – A Jade é muito tranquila. Entende meu trabalho, é parceira.
Hora – Se você parasse de cantar amanhã. O que iria fazer da vida?
Luan – Não me vejo fazendo outra coisa a não ser com a música.
Hora – Se fosse rodar um filme sobre sua vida, quem você gostaria que fizesse o seu papel?
Luan – Quando penso em filme, penso em um documentário. Mas caso diferente, temos grandes atores, com certeza iriam encontrar um que se identificasse comigo.
Hora – Você deixou claro que é um homem diferente, que não faz uma mulher chorar (só no palco). Mas as meninas de hoje já não são mais tão inocentes e também não choram por qualquer coisa. Você acredita que a mulherada mudou ou a culpa do comportamento mais atrevido delas é dos homens?
Luan – Concordo que as coisas mudaram, mas a sensibilidade, a essência e a paixão são características delas, por mais que vistam “armaduras” para não demonstrá-las. Quando se entregam, é verdade.
Hora – Na música Te Esperando, você fala de uma amor lindo, sem barreiras e que nem o tempo vai poder apagar. Conhece algum amor assim? Você acredita que seria capaz de viver algo parecido?
Luan – A música é autoria do Bruno Caliman. Acredito em um amor como Te esperando. É um amor puro, de verdade e sem barreiras do tempo. Nos dias como hoje, precisamos, sim, acreditar que um amor assim exista em nós.
Hora – A parceria que você fez com John Kip, na música 93 Million Miles, de Jason M’raz, foi muito feliz. Como foi a gravação da música e clipe e de quem foi a iniciativa?
Luan- Estava em estúdio preparando as músicas para o meu DVD gravado em julho. Surgiu na “brincadeira”. Fomos apresentados, conversamos sobre música e veio a versão. John Kip sempre faz parcerias interessantes, conheci o trabalho dele e fiquei fã. Não imaginei que ganharia tamanha proporção na internet. Que bom que a galera curtiu. Fiquei surpreso.
Serviço:
O que: Show Luan Santana.
Quando: Sábado, 31, às 23h.
Onde: Fields. Av. Paulo Fontes, 1250, Centro.
Mais informações: (48) 3222-8416
Fonte: Hora de Santa Catarina

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: